José Benício

Ir para o conteúdo

Menu principal

O poeta

Lisboa, 2007

Bibliografia

Pedaços Um - Poesia
Editora Blocos
Rio de Janeiro, Brasil (1999)

Poiesis - Antologia de Poesia e Prosa Poética Portuguesa Contemporânea Vol III
Editora Minerva / co-autor
Lisboa, Portugal (2000)

Antologia de Poesias Saturnino Pacitti
ASES - Associação de Escritores de Bragança Paulista / co-autor
São Paulo, Brasil (2001)

500 Outonos de Prosa e Verso - Conto, Poesia e Crônica
Editora AG / co-autor
São Paulo, Brasil (2001)

Emoções - Conto, Poesia e Crônica
Editora AG / co-autor
São Paulo, Brasil (2002)

Humano, humano demais - Conto, Poesia e Crônica
Editora AG / co-autor
São Paulo, Brasil (2002)

Versos & Reveses - Poesia
All Print Editora
São Paulo, Brasil (2007)

Poemas de Ninguém, uma versão quase completa - Poesia
All Print Editora
São Paulo, Brasil (2009)

Folhetins - Poemas, Crônicas e Afins
Editora Sinergia
Rio de Janeiro, Brasil (2011)

Umas Luas e Outros Versos - Poesia
Biblioteca 24horas
Rio de Janeiro, Brasil (2015)

Meu Primeiro e Inesquecível Romance - Romance
Amazon
Rio de Janeiro, Brasil (2017)

O poeta José Benício nasceu em Volta Redonda, no ano de 1960, depois veio para o Rio de Janeiro e entrou para a faculdade.

Graduou-se em Ciências Econômicas pela Universidade Federal Fluminense em 1985 e tem atuado como consultor informático desde 1989.

Casado, pai de duas filhas, mora em Niterói e adora passar os finais de semana em Ponta Negra – seu recanto pessoal para recarregar as suas baterias.

Sua primeira publicação foi em 1979, através do jornal dos funcionários da "Cia Atlântica de Seguros". A partir daí, não parou mais.

Fez parte de cinco coletâneas poéticas no Brasil e em Portugal.

Residiu por cinco anos em Lisboa, onde frequentou os locais preferidos dos grandes poetas locais e conheceu o poeta português José Luiz Abreu Lima, o “Poeta dos Elementos”, com quem se encontrava sempre às quintas-feiras no restaurante Martinho da Arcada para falar de poesia e trocar idéias sobre o Brasil, Portugal, Camões, Bocage, Fernando Pessoa, Vinicius de Morais, Carlos Drummond, Amália Rodrigues, Florbela e tantos outros ícones da lusofonia.

Lançou seu primeiro livro de poesias ("Pedaços Um") em 1999, na cidade de Lisboa e, no ano seguinte, no Rio de Janeiro.

Escreveu mais três livros: "Versos & Reveses", "Poemas de Ninguém" e "Folhetins"; todos lançados na capital portuguesa e nas cidades do Rio de Janeiro e de Volta Redonda, nos anos de 2007, 2009 e 2012, respectivamente.


Publica quase que diariamente no "Recanto das Letras", onde divide experiências com diversos poetas das mais variadas vertentes.

Adora viajar. Sempre que pode retorna a Portugal para rever amigos e renovar sua  inspiração no berço da lusofonia.

Em contínuo processo de criação, para ele: poesia é tudo o que se respira e se enxerga com os olhos da sensibilidade.

Encontra-se, neste momento, provavelmente escrevendo.

 
 
 
 
 
 
 

Uma tarde com poesia
(Para todos os alunos e professores do
Colégio Estadual Francisco José do Nascimento)

Ontem estive com a poesia
Na mais viva das aparições
Ela estava nos olhos dos alunos
Em todas as cores e inquietações

Ontem estive na frente da poesia
E ela invadiu nossos corações
Foi uma tarde plena em magia
E tudo o que se via era emoção

Ontem estive com a poesia
Entre sementes férteis para se plantar
Como água morna em terra macia

Ontem estive com a poesia
Conheci futuros poetas, quem diria!
Em breve esses poetas irão brilhar!

 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal